• citebonline

Moedas digitais serão válidas no varejo e em operações internacionais, diz Banco Central


Moedas digitais serão aceitas pelo varejo em breve no país. Quem anunciou a novidade foi o Banco Central. Inicialmente entrará em circulação a moeda digital brasileira, que está em desenvolvimento. Esse formato financeiro atenderá também a demanda por transações internacionais.


A curiosidade é que será um formato diferente de criptomoedas, como o Bitcoin. Para Fábio Araújo, coordenador dos trabalhos sobre a moeda digital no BC, “A opinião do Banco Central sobre criptoativos continua a mesma: esses são ativos arriscados, não regulados pelo Banco Central, e devem ser tratados com cautela pelo público”, esclarece.


Além disso, a moeda digital brasileira está sendo criada com base em modelos financeiros e tecnológicos inovadores, como contratos inteligentes (smart contracts), internet das coisas (IoT) e dinheiro programável. O que deve colocar o Brasil em alinhamento com o sistema global, já que a moeda digital leva em conta também as questões jurídicas antifraude.


Embora o desejo de operalização seja para 2022, não quer dizer que a data se cumpra. Uma vez que as conversas com os setores privados ainda estão em andamento e só agora o tema chegou à sociedade em geral. “A distribuição ao público será intermediada por custodiantes do Sistema Financeiro Nacional (SFN) e do Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB), sem remuneração às instituições financeira pelo BC”, diz o artigo da Agência Brasil.


Fonte: https://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2021-05/brasil-devera-ter-moeda-digital-emitida-pelo-banco-central


#dinheiro #inovação #moedadigital #negocios #empreendedorismo #finanças #criptomoedas #iot #internetdascoisas #incubadoras #tecnologia #economia #citeb #biguaçu #santacatarina