• citebonline

Inovação/ IA recupera acervo audiovisual

Quem diria que a Inteligência Artificial sairia dos laboratórios tecnológicos para o campo da recuperação da memória? Pois é isso que a TV Bandeirantes está realizando em parceria com a empresa norueguesa Piql, especializada em soluções de preservação digital de multiplos formatos e conversão de filmes sensíveis a luz.


Diferentes formatos

Antes da captura de som e imagem através do digital, os registros eram feitos a partir de películas fotográficas e fitas de formatos diversos (desde VHS até Full HD). Era realmente uma aventura equilibrar orçamento de produção com a melhor tecnologia disponível. Por isso que há diferença em qualidade de imagem e som nos filmes, séries e novelas até a captura digital se fazer presente.


“Sabíamos que o processo tradicional de remasterização envolvia muitos sistemas e processos que são realizados por artistas de remasterização e demandam muito tempo, com custos elevados. Após muita pesquisa, conhecemos a tecnologia de inteligência artificial da Piql, e obtivemos resultados de ótima qualidade e de forma totalmente automática”, diz Caio Carvalho, Diretor executivo de Comunicação e Assuntos Institucionais do Grupo Bandeirantes de Comunicação.


Projeto Inicial

A TV Bandeirantes escolheu a novela Os Imigrantes, de 1981, para o primeiro projeto. Exibida pela emissora, a história conta a saga dos imigrantes que aportaram no Brasil nos séculos XIX e XX construindo o país como o conhecemos hoje. Conteúdo já está sendo exibido.


O processo

A captura de imagem da novela foi feita em NTSC (720X480), mas a equipe da Piql remasterizou todo o conteúdo para Full HD (1920X1080). Depois desse processo, foi aplicado filtros de restauração e otimização com o uso de inteligência artificial para equilibrar cores, dar melhor dimensão de profundidade de quadro e diminuir a granulação.


Precedentes

Embora diga-se que o Brasil é um país que não valoriza sua memória, é possível ver que há uma mudança no ar. Especialmente diante daquilo que se exporta, como as telenovelas e filmes. O precedente é que se recupe obras dadas como perdidas, especialmente aquelas de películas, e possamos ter acesso novamente a conteúdos de valor.


Fonte: https://acontecendoaqui.com.br/tech/band-usa-inteligencia-artificial-para-recuperar-acervo-audiovisual


#inovação #tecnologia #midia #ia #inteligenciaartificial #investimento #startup #telecom #entretenimento #tecnologia #rastreabilidade #comunicação #tv #biguaçu #santacatarina


0 visualização0 comentário