top of page
  • citebonline

CITeB participa de evento da Indústria de Defesa em Brasília


(Foto da solenidade de abertura da 7a Mostra BID Brasil)


O CITeB participa da 7a Mostra BID Brasil que ocorre entre os dias 06 e 08 de dezembro. O momento de abertura contou com o Ministro de Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim, bem como Glauco José Côrte, atual vice-presidente executivo da CNI - Confederação Nacional da Indústria e presidente da CONDEFESA - Conselho Temático da Indústria de Defesa e Segurança. O evento está acontecendo no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília.


A importância da Fundação Centro de Inovação e Tecnologia de Biguaçu - CITeB estar num evento como esse, conforme o superintendente da entidade, Sr. João Braz da Silva é estratégico.


Queremos aumentar a rede de contatos e possíveis parcerias nessa área de Inovação. Também buscamos identificar possíveis demandas de áreas em geral e, neste caso em especial, da Indústria de Defesa e Segurança. Além de tratar da possível efetivação do cadastro do CITeB no SisCaPed (Sistema de Cadastramento de Produtos de Defesa) como fornecedores de soluções para as Forças Armadas”, informa Braz.


(Foto: Sr. João Braz da Silva conhece o interior de uma aeronave oficial durante o evento)


Números da Indústria de Defesa no Brasil

O Brasil vê atualmente as exportações da Indústria de Defesa crescerem. Em 2021 terminou o ano com cerca de 2 bilhões de dólares em volume de vendas. No mundo, movimenta aproximadamente 1.5 trilhões de dólares por ano.


No país, é um mercado importante e expressivo responsável 3,7% do PIB. O Ministério da Defesa acredita que há possibilidade da indústria nacional voltar a estar entre as 10 maiores exportadoras de insumos do segmento, lugar que ocupou no passado, já que há potencial para isso.



(Fotos gerais do evento / CITeB)


7a Mostra BID Brasil

A 7a Mostra BID Brasil este ano espera crescer 70% em relação à edição anterior. No evento participam empresas privadas e públicas que participam no processo de pesquisa, desenvolvimento, produção, distribuição, manutenção e outros de produtos de estratégia de defesa e segurança. Tanto bens como serviços.


Estar num evento como esse é encontrar oportunidades e participar de novas redes de relacionamento que sempre aumentam, e muito, a condição da gente ser mais efetivo naquilo que se tem proposto a fazer como um centro de inovação”, conclui Sr. João Braz.


Base Industrial de Defesa do Brasil - BID

No sentido de impulsionar ações que estimulem o setor produtivo, o Ministério da Defesa tem atuado em:

  • Lei no. 12.598/ 2012 - Lei de Fomento à Base Industrial de Defesa

  • Plano de Articulação e Equipamentos de Defesa (PAED), entre as principais atividades

  • Comissão Mista da Indústria de Defesa

  • Ações de Comércio Exterior

  • Regime especial de tributação para a Indústria de Defesa.


Fonte consultada/ informações oficiais:



Comentarios


bottom of page